Duração: a verificar
Titulação: Stricto Sensu
Turno(s): matutino, vespertino, noturno.
MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA MECÂNICA
O curso de Mestrado Profissional em Engenharia Mecânica do Centro Universitário SOCIESC tem o seu foco nas demandas por inovação tecnológica das indústrias metal-mecânica e de transformados plásticos, capacitando profissionais com excelência para a estruturação, análise e resolução de problemas complexos. Sempre com a aplicação do método científico e do conhecimento atualizado e multidisciplinar. O curso tem validade nacional, formando também professores para o magistério superior e contribuindo para o desenvolvimento tecnológico industrial da  região e do país.
 
Podem candidatar-se ao curso de Mestrado Profissional em Engenharia Mecânica profissionais de nível superior com formação nas áreas de concentração do curso além de bacharéis nas ciências exatas, Matemática, Física e Química, bem como graduados em Tecnologia da Informação e Comunicação.
 
.

O Curso de Pós-Graduação Mestrado Profissional (Stricto Sensu) em Engenharia Mecânica oferecido pelo Centro Universitário SOCIESC – UNISOCIESC complementa todo o esforço dedicado a formação acadêmica e profissional que se iniciou em 1959 com a fundação da Escola Técnica Tupy em Joinville, cidade com cerca de 500 mil habitantes situada no Litoral Norte de Santa Catarina. Joinville fica a 100 km de Curitiba e a 200 km de Florianópolis, apresentando uma cultura de tradição germânica da gastronomia à arquitetura, com valorização da arte, da ciência e do trabalho. Seu regime de chuvas é bem distribuído e seus morros cobertos de vegetação.

O Curso de Mestrado Profissional em Engenharia Mecânica do Centro Universitário Sociesc tem o seu foco nas demandas por inovação tecnológica das indústrias metal-mecânica e de transformados  plásticos, capacitando profissionais com excelência para a estruturação, análise e resolução de problemas complexos com a aplicação do método científico e do conhecimento atualizado e multidisciplinar. O Curso tem validade nacional e é reconhecido pela CAPES, formando também professores para o magistério superior e contribuindo para o desenvolvimento tecnológico industrial da  região e do país.

Podem candidatar-se ao curso de Mestrado Profissional em Engenharia Mecânica profissionais de nível superior com formação nas áreas de concentração do curso além de bacharéis nas ciências exatas, Matemática, Física e Química.

Coordenação e Colegiado do Programa

COORDENAÇÃO

Prof. Dr. Luiz Veriano Oliveira Dalla Valentina

Centro Universitário Sociesc – UNISOCIESC
Rua Albano Schmidt, 3333 Joinville – SC 89.206-001

E-mail: dalla.valentina@unisociesc.com.br

Telefone: (47) 3461-0277

Currículo Lattes:

 

COLEGIADO DO CURSO

Prof. Dr. Luiz Veriano Oliveira Dalla Valentina – Presidente

Prof. Dr. Kassim S. Al-Rubaie

Prof. Dr. Marcelo Teixeira dos Santos

Profa. Dra. Janaina Lisi Leite Howarth

Profa. Dra. Marcia Adriana Tomaz Duarte

Prof. Dr. Nazareno de Oliveira Pacheco

Profa. Dra. Rosineide Junkes

Prof. Dr. Rogério Araújo

Prrof. Dr. Orlando Preti

Profa. Dra. Palova Santos Balzer

Área de concentração: Materiais e Processos de Fabricação

Temas de Pesquisa na Linha de Pesquisa de MATERIAIS:

1)      Tribologia e Engenharia de superfície: Estudos de desgaste – desgaste adesivo, abrasivo, erosivo e hidroabrasivo; corrosão; produção e caracterização de camadas resistentes ao desgaste e/ou à corrosão em ligas metálicas; tratamentos térmicos superficiais: nitretação, oxidação; deposição de revestimentos por PVD; deposição de revestimentos por processos de soldagem; aspersão térmica; caracterização de superfícies. (Professor Responsável: Kassim S. Al-Rubaie e Professor Participante Orlando Preti; Professor Participante Fernando Silvio de Souza e Professora Lilian Raquel Moretto)

2)      Mecânica da fratura e fadiga dos materiais: Influência da microestrutura na tenacidade à fratura e fadiga dos materiais; fratura em aços, ligas de alumínio e materiais compósitos; tenacidade à fratura; fadiga termomecânica; fadiga de alto e de baixo ciclos. (Professores Responsáveis: Dr.Kassim S. Al-Rubaie  e Professor Participante Orlando Preti)

3)      Materiais Poliméricos: concepção, desenvolvimento e caracterização de materiais poliméricos com propriedades físicas e mecânicas maximizadas, de grande interesse para diversos segmentos da indústria; polímeros biodegradáveis, compósitos poliméricos, biomateriais poliméricos; reciclagem de polímeros. (Professoras Responsáveis: Dra. Janaina L L Howarth e Dra. Marcia A Tomaz Duarte / Professora Participante Dra. Palova S Balzer)

Temas de Pesquisa na área Linha de Pesquisa de PROCESSOS DE FABRICAÇÃO: 

4)      Fundição: concepção, desenvolvimento e caracterização de ligas metálicas com propriedades físicas e mecânicas maximizadas aplicáveis em diferentes setores da indústria; relação entre composição química, microestrutura e propriedades mecânicas de produtos obtidos por fundição; caracterização de ligas fundidas. (Professores Responsáveis: Orlando Preti e Professor Participante Dr.Kassim S. Al-Rubaie / Professora Participante: Dra. Rosineide Junkes)

5)      Conformação: Otimização de processos de conformação; correlação dos  parâmetros do processamento termomecânico com a evolução da microestrutura e propriedades mecânicas de metais conformáveis para aplicações em diversos setores da indústria; simulação de processos de conformação a quente e a frio; caracterização dos fenômenos metalúrgicos associados à deformação plástica e aos tratamentos posteriores. (Professores Responsáveis: Dr.Kassim S. Al-Rubaie e Professor Participante:  Orlando Preti)

6)      Usinagem: Otimização de processos de usinagem mediante o uso de sistemas CAD/CAM/CAI/CAE/CAx; processos de uninagem: torneamento, fresamento HSC, fresamento 5 eixos, brunimento, retificação; fabricação de formas complexas – moldes e matrizes,  usinabilidade de materiais de engenharia-aços, ferros fundidos, aço para ferramenta  de conformação, ligas de alumínio; estudo da vida útil de ferramentas de corte utilizadas nos processos de usinagem; simulação de processos de usinagem;  monitoramento dos processos de usinagem. (Professores Responsáveis: Dr Nazareno de Oliveira Pacheco e Dr. Marcelo Teixeira dos Santos e Professor Participante Dr. Fabiano Mocellin)

7)      Tratamento térmico: Otimização de ciclos de tratamento térmico através da correlação entre os parâmetros do processo a microestrutura e propriedades mecânicas de ligas metálicas; tratamentos térmicos e transformações de fase em aços estruturais, aço para ferramentas de conformação, ligas de ferro fundido, ligas de alumínio e ligas de cobre; caracterização microestructural e ensaios mecânicos. (Professores Responsáveis: Dr.Kassim S. Al-Rubaie e Professor Convidado Orlando Preti)

8)      Soldagem: Otimização dos ciclos de soldagem através da correlação entre os parâmetros do processo a microestrutura e propriedades mecânicas de ligas metálicas; utilização de processos de soldagem com eletrodos e com proteção de gases em aplicações especiais; soldabilidade metalúrgica dos metais e suas ligas; soldagem de aços para fins estruturais, aço para ferramentas de conformação, ligas de ferro, ligas de alumínio e aços para transportes de fluido em oleodutos e gasodutos; caracterização microestructural e ensaios mecânicos destrutivos e não-destrutivos em produtos soldados; tenacidade à fratura de juntas soldadas. (Professores Responsáveis: Orlando Preti e Professor Participante Dr.Kassim S. Al-Rubaie )

9)      Processamento de materiais poliméricos: Otimização de parâmetros do processamento de materiais poliméricos através da caracterização microestructural e mecânica dos materiais bem como da integridade física do produto final; processos de injeção de termoplásticos; processos de extrusão; processos de rotomoldagem; processamento de termofixos através de processos de RTM, BMC e SMC; processos de vazamentos de termofixos; projeto e desenvolvimento de moldes híbridos; manufatura aditiva de materiais poliméricos (Professoras Responsáveis: Dra. Janaina L L Howarth e Dra. Marcia A Tomaz Duarte / Professora Participante Dr. Rogerio Araújo e Dra. Palova S Balzer)

10) Sistemas de medição e instrumentação:  Esta linha de pesquisa se preocupa com o desenvolvimento de instrumentos de medição que são usados nos sistemas de automação industrial. Com isto as pesquisas incluem temas relacionados a sensores, analisadores, processamento de sinais, detecção de faltas e falhas, sensores virtuais, interface com hardware, IoT etc. Também se investiga a influência dos sistemas de medição no monitoramento, controle e supervisão de processos industriais visando melhorias na produtividade, segurança, precisão, confiablidade, otimização e estabilidade de tais sistemas. Responsável: Prof. Dr. Nazareno de Oliveira Pacheco

Apresentação – Corpo Docente


A equipe de professores pesquisadores que atua junto ao Programa de Mestrado Profissional em Engenharia Mecânica do Centro Universitário Sociesc – UniSociesc possui comprovada experiência em atividades de pesquisa, ensino e extensão, com formação e qualificação adequada para atender às crescentes demandas da pesquisa científica e tecnológica no âmbito das indústrias metal-mecânica e de transformados plásticos de Joinville e Região.

Trata-se de uma equipe de profissionais comprometida pelo progresso da Ciência nas áreas dos Materiais e Processos de Fabricação com vivências acadêmicas e de pesquisa em renomadas Universidades e Centros de Pesquisas Nacionais e Internacionais, permitindo o intercâmbio entre os programas de pós-graduação e fortalecendo a formação dos discentes.  

O corpo docente está organizado de modo a atender à grande área de concentração “Processos de Fabricação e Materiais” e, consequentemente, os temas de pesquisa inseridos nesse contexto, os quais se detalham no ambiente destinado a cada docente.


Prof. Dr. Luiz Veriano Oliviera Dalla Valentina Coordenador Acadêmico

Currículo Lattes

Resumo: Possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade de Caxias do Sul (1981), Mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina (1986) e Doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998). Professor Titular da Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC. Professor dos Programas de Mestrado e Doutorado em Ciência e Engenharia dos Materiais da UDESC e do Mestrado Profissional em Engenharia de Produção do Centro Universitário SOCIESC/Sociedade Educacional de Santa Catarina. Coordenou o Programa de Ciência e Engenharia dos Materiais-PGCEM da UDESC (2011-2014). Tem experiência nas áreas de Engenharia de Produção e de Engenharia Mecânica e Materiais , atuando principalmente nos seguintes temas: gestão estratégica de produtos e processos e materiais para a engenharia.

Linha de Pesquisa: Materiais

Temas de Pesquisa:

Profa. Dra. Janaína Lisi Leite Howarth 

Currículo Lattes

Resumo: Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade do Sul de Santa Catarina (1998), mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002), doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007) e Pósdoutorado pela Universidade do Minho, Portugal (2008). Tem experiência na área de Engenharia de Materiais com ênfase em polímeros, atuando principalmente nos seguintes temas: resina termofixas, blendas, compósitos (fibras metálicas e fibras naturais), processos de prototipagem rápida (Sinterização seletiva a laser e vazamento de resina em moldes de silicone), materiais com gradiente funcional, moldes híbridos. Atualmente é professora de mestrado do curso de Eng. mecânica da SOCIESC, Joinville, SC.

LINHA DE PESQUISA: Materiais (Poliméricos)

TEMAS DE PESQUISA:

A) Moldes híbridos para processos de injeção de termoplásticos

1.Desenvolvimento de moldes híbridos utilizando materiais não convencionais (resinas termofixas e compósitos de resina termofixa e cargas metálicas), e aplicação final destes moldes no processo de injeção de termoplásticos.

B) Compósitos poliméricos

1.Desenvolvimento e caracterização de diferentes materiais compósitos, utilizando desde fibras vegetais a nanocargas em matrizes poliméricas (termoplástica/termofixa).

C) Reciclagem de materiais poliméricos

1.Estudo e desenvolvimento de reciclagem de diferentes materiais poliméricos proveniente de descartes, dando uma nova designação a estes materiais plásticos que acabariam em lixões ou aterros sanitários, enquadrando-se dentro de uma atitude ecologicamente correta.

D) Manufatura aditiva de materiais poliméricos

1.Estudo e desenvolvimento de materiais poliméricos para utilização em processos de manufatura aditiva.

2.Estudo e desenvolvimento de materiais com gradiente de função através de processos de manufatura aditiva.

Contato: janaina.leite@unisociesc.com.br


 

Prof. Dr. Kassim S. Al-Rubaie

Currículo Lattes

Resumo: Possui graduação (1980), especialização (1982) e mestrado (1984) em Engenharia Mecânica pela Universidade de Bagdá, especialização em usinagem (1990) pela Technische Universität Berlin, Alemanha e doutorado em Engenharia Mecânica (1995) pela Ruhr-Universität Bochum, Alemanha. Foi Professor de Engenharia Mecânica na Universidade de Bagdá (1984-1988), Pesquisador Visitante na Technische Universität Berlin (1989-1990), Pesquisador Visitante na Ruhr-Universität Bochum (1990-1996), Pesquisador Visitante na Universidade Federal de Uberlândia (1997-1999), Pesquisador Visitante na Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (1999-2000), Professor na Universidade do Vale do Paraíba (2001-2003) e trabalhou na Empresa Brasileira de Aeronáutica S/A (2001-2/2009), onde publicou 76 relatórios técnicos internos sobre fadiga, propagação de trincas, e desgaste em materiais aeronáuticos. Atualmente é Professor-Pesquisador da Sociedade Educacional de Santa Catarina-UNISOCIESC. Tem experiência nas áreas de Engenharia Mecânica e Engenharia de Materiais, atuando principalmente nos seguintes temas: Desgaste, Engenharia de Superfícies, Fadiga e Mecânica da Fratura, Tratamentos Térmicos e Termoquímicos, Corrosão, Desenvolvimento de Ligas Metálicas, e Desenvolvimento de Equipamentos para Ensaios Tribológicos. Tem experiência também em Análise Estatística, Planejamento e Otimização de Experimentos, Simulação e Modelagem.

LINHAS DE PESQUISA: Materiais

A) TRIBOLOGIA DE MATERIAIS

1. Desgaste por Deslizamento

2. Desgaste Abrasivo e Hidroabrasivo

3. Desgaste de Ferramentas de Usinagem

4. Desgaste de Revestimentos

Analisar e otimizar os parâmetros do tribo-sistema e da microestrutura do material em contato.

B) FADIGA E MECÂNICA DA FRATURA

1. Fadiga Rotativa

2.  Tenacidade a Fratura

3. Propagação de Trinca

Estudo de fadiga de materiais, com ênfase para as metodologias de fadiga sob controle de tensões e aplicação de mecânica da fratura, modelagem de crescimento de trinca e efeitos mecânicos e microestruturais na fadiga e propagação de trincas.

C) TRATAMENTOS TÉRMICOS E TERMOQUÍMICOS

Entendimento mais profundo da natureza, dos mecanismos e da cinética das variações microestruturais, bem como dos princípios das modificações nas propriedades dos metais e ligas sujeitos ao tratamento térmico.

D) METALURGIA DE LIGAS FERROSAS E NÃO-FERROSAS

Desenvolvimento das ligas ferrosas (aços e ferros fundidos) e não-ferrosas. Objetiva-se esclarecer os mecanismos de transformação e determinar experimentalmente a cinética de transformações de fases otimizando a microestrutura na direção de propriedades requeridas.

E) USINAGEM DE MATERIAIS

1. Parâmetros de Usinagem

2. Desgaste de Ferramentas de Corte

3. Usinabilidade

F) SOLDAGEM

1. Processos de Soldagem

2. Metalurgia de Soldagem

Contato: kassim.alrubaie@unisociesc.com.br


Prof. Dr. Marcelo Teixeira dos Santos

Currículo Lattes

Resumo: Graduado pela Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade do Estado de Santa Catarina (1989), obteve o título de Mestre em Engenharia Mecânica (1994) e o título de Doutorado em Engenharia Mecânica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (1998). Atualmente é diretor da BRASILMATICS – Brasil Automatics Automação e Tecnologia Ltda., onde também atua como pesquisador e consultor. Na área da extensão comunitária desenvolve atividades na direção financeira da Fundação Pró-Rim, Joinville -SC. Tem experiência na área de Engenharia de Fabricação, Projetos e Produção, com ênfase no Gerenciamento de Projetos de transferência de tecnolgia para a industria. Atua nos seguintes temas: qualidade & produtividade, projeto de dimensionamento e monitoramento de sistemas produtivos, projeto e seleção máquinas e equipamentos para ensaio e processamento de materiais.

Contato: marcelo.teixeira@unisociesc.com.br

 


Profa. Dra. Marcia Adriana Tomaz Duarte

Currículo Lattes

Resumo: Concluiu os cursos de doutorado em Engenharia Mecânica na área de Materiais e Processo de Fabricação pela Universidade Estadual de Campinas (2009), mestrado em Ciência e Engenharia dos Materiais pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2004) e Bacharel em Química Industrial pela Universidade da Região de Joinville (2002). Atualmente é professora da Sociedade Educacional de Santa Catarina/Instituto Superior Tupy (SOCIESC/IST), pesquisadora e professora participante do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica. Possui experiência na área de Engenharia de Materiais, com ênfase em materiais poliméricos, atuando principalmente nos seguintes temas: obtenção e caracterização de polímero entre eles os biomateriais poliméricos para aplicações biomédicas e polímeros biodegradavéis.

LINHA DE PESQUISA: Materiais (Poliméricos)


TEMAS DE PESQUISA:

A) Biomateriais poliméricos

1.Obtenção e caracterização de novos biomateriais;

2.Obtenção de blendas poliméricas;

3.Aplicação como dispositivos biomédicos.

B) Polímeros Biodegradáveis

1.Desenvolvimento e caracterização de polímeros biodegradáveis;

2.Polímeros biodegradáveis com foco em sustentabilidade.

3.Aplicações em embalagens para cosméticos, garrafas, etc…

C) Material polimérico com aplicação em área médica

1.Estudar a mistura do poli (Cloreto de vinila) (PVC) com plastificantes atóxicos;

      2.  Estudar a viabilidade da aplicação da mistura PVC/plastificante na área médica.

Contato: marcia.duarte@unisociesc.com.br


Prof. Dr. Nazareno de Oliveira Pacheco

Curriculo Lattes

Resumo:Possui graduação em Tecnologia em Eletroeletrônica pela Universidade do Sul de Santa Catarina (2004), especialização em Automação Industrial (2006), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2009), doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina (2014). Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Automação de Processos Industriais, atuando principalmente nos seguintes temas: CLP’s, Microcontroladores, Instrumentação Industrial, Sistemas Supervisórios, Controle de processos, Integração da Manufatura.

LINHA DE PESQUISA: Processos de Fabricação

TEMAS DE PESQUISA:

a)   Padronização de programação de máquinas cnc usando o padrão step-nc.

b)   Aplicação da Inteligência Artificial na Manufatura;

c)   Automação da Medição

d)   Automação de Processos e Equipamentos Industriais

e)   Indústria 4.0 e IoT.

f)    Integração de equipamentos automatizados em células flexíveis de manufatura.

g)    Desenvolvimento de programas para solucionar problemas de manufatura

h)   Automação da medição

Contato: nazareno.pacheco@unisociesc.com.br

 


Docentes Colaboradores

Prof. Dr. Fernando Silvio de Souza

Curriculo Lattes

Resumo: Professor de Ensino Superior na UniSociesc. Doutor em Química Analítica pela Universidade Federal de Santa Catarina (2015). Tem experiência em química instrumental, com ênfase em química analítica e físico-química, atuando principalmente nos seguintes temas: corrosão e proteção contra corrosão, adsorção, tratamentos de superfície e sensores eletroquímicos.

Linhas de pesquisa: Materiais

A) Inibidores de corrosão voláteis

Obtenção de óleos essenciais de produtos naturais para aplicação dos mesmos como inibidores de corrosão ambientalmente sustentáveis para estruturas metálicas submetidas a regime de fluxo ou para peças submetidas a armazenamento temporário.

Alunos envolvidos no projeto: Luiz Fernando dos Santos (bolsista PIBIC), Camila Maria Rosa (TCC)

B) Passivação de superfícies com revestimentos não metálicos

Tratamento de superfícies de materiais metálicos com ácidos orgânicos e inorgânicos para substituição de etapas de galvanização com zinco.

Alunos envolvidos no projeto: Gabriel Roberge Ribeiro (voluntário), Jeder Adriano Schneider (voluntário), Mayra Sabel (TCC)

Contato: fernando.souza@unisociesc.com.br


Prof. Dr. Orlando Preti

Currículo lattes

Resumo: Graduação em Licenciatura Plena em Metalurgia pelo Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná – CEFET-PR (1998). Mestrado (2005) e Doutorado (2014) em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atualmente é professor integral do Centro Universitário da Sociedade Educacional de Santa Catarina (UNISOCIESC). Tem experiência na área de Engenharia de Materiais com ênfase na área de metais, atuando principalmente em caracterização de materiais e análise de falha, ensaios destrutivos e não destrutivos, fundição, tratamentos térmicos e termoquímicos e em pesquisa tecnológica à indústria metal mecânica.

LINHAS DE PESQUISA: MATERIAIS (METÁLICOS)

TEMAS DE PESQUISA:

A) Ligas Ferrosas (Aços e Ferros Fundidos)

Estudo de elaboração e processamento de ligas;

Estudo de técnicas de nucleação e refino microestrutural a partir do estado líquido;

Estudo dos processamento térmico e/ou termo químico;

Estudo da caracterização microestrutural, mecânica e análise de falha. 

B) Ligas Não Ferrosas (Alumínio e Cobre)

Estudo de elaboração e processamento de ligas;

Estudo de técnicas de nucleação e refino microestrutural a partir do estado líquido;

Estudo dos processamento térmico e/ou termo químico;

Estudo da caracterização microestrutural, mecânica e análise de falha. 

C) Processos de Fundição

Processo Areia Verde;

Processo Ligado Quimicamente;

Processo Lost Foam.

Contato: preti@unisociesc.com.br


Profa. Dra. Palova Santos Balzer

Curriculo Lattes

Resumo: Doutora em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009). Mestre em Engenharia de Materiais e Processos Avançados pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2001). Bacharel em Química Industrial pela Universidade da Região de Joinville (1997). Pós-graduação em nível de especialização em Docência Inovadora pelo Instituto Superior Tupy – SOCIESC. Atualmente é professora colaboradora do UNISOCIESC e responsável técnica pelo Laboratório de ensaios em polímeros da UNISOCIESC. Coordena os cursos de bacharelado em Engenharia de Materiais e Engenharia de Produção e os cursos de pós-graduação Lato Sensu em Engenharia Metalúrgica e Engenharia de Plásticos. Atua no Laboratório de Materiais da SOCIESC desde 1999 desenvolvendo atividades relacionadas a ensaios/análises em materiais poliméricos e avaliação de conformidade de produtos plásticos. É coordenadora do SIBRATEC rede Transformados Plásticos (RTP). Tem experiência na área de Engenharia de Materiais e Metalúrgica, atuando principalmente nas áreas de compósitos, fibras naturais, materiais poliméricos e reciclagem.

Linha de Pesquisa: Materiais (poliméricos)

Temas de Pesquisa:

A) Compósitos Poliméricos

1. Estudo de compósitos poliméricos com nanopartículas de origem mineral e natural

2. Estudo e desenvolvimento de compósitos aplicados na área odontológica

3. Emprego de nanocargas em filmes poliméricos

4. Obtenção de compósitos e nanocompósitos a partir de fibras naturais (bananeira)

B) Plastificação de Polímeros

1. Estudo da plastificação de poli(cloreto de vinila) para diferentes aplicações através de plastificantes com menor toxicidade

C) Reciclagem e Biodegradação de Materiais

1. Estudo da obtenção e biodegradação de blendas poliméricas

2. Reciclagem de diferentes materiais (metálicos, poliméricos, entre outros) buscando a sustentabilidade

Contato: palova@unisociesc.com.br


Prof. Dr. Rogério Gomes Araújo

Currículo lattes

Resumo: Possui graduação em  Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988). Mestrado (2002) e Doutorado (2010) em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Santa catarina. Pós-graduação em nível de especialização em Educação com Ênfase em Metodologia e Didática pelo Instituto Superior Tupy – SOCIESC (2012). Atualmente é professor titular em tempo integral do Instituto Superior Tupy – SOCIESC. Tem experiência na área de Engenharia de Materiais, com ênfase em Polímeros, atuando principalmente nos seguintes temas: nanocompósitos de nanotubos de carbono em matriz polimérica, propriedades mecânicas, térmicas e elétricas de polímeros e compósitos, processamento de materiais plásticos, reologia, simulação de injeção, balanço de massa e energia em processos químicos, tintas e tratamento superficiais de materiais.

Linha de Pesquisa: Materiais (poliméricos)

Temas de Pesquisa:

A) Compósitos Poliméricos

1. Estudo dos métodos de preparação de compósitos de nanotubos de carbono em matriz polimérica e avaliação de propriedades mecânicas, térmicas e elétricas.

2. Desenvolvimento e avaliação do desempenho de compósitos dentais.

3. Desenvolvimento de compósitos condutores elétricos

B) Processamento de Polímeros

1. Aplicação de simulação de injeção (CAE) para projetos de molde e otimização de ciclo de produção.

2. Estudo dos processos de transformação de termoplásticos: correlação entre as condições de processo, microestrutura e propriedades do material.

C) Tintas e tratamento superficiais de materiais.

1. Desenvolvimento e avaliação de tintas anti-incrustantes.

2. Desenvolvimento e análise do desempenho de revestimentos contra corrosão.

Contato: araujo@unisociesc.com.br



Profa. Dra. Rosineide Junkes Lussoli

Currículo lattes

Resumo: Possui graduação em Química Industrial-Univille (1992); mestrado em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003); pós graduação em nível de especialização em Metodologia de Ensino – Instituto Superior de Educação (2005) e doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2011). Realizou parte dos experimentos de doutorado no Instituto de Cerâmica e Vidrio-ICV na Universidad Autônoma de Madrid (ES). Atualmente é professora integral do Instituto Superior Tupy – SOCIESC. Tem experiência na área de Engenharia Metalúrgica, com ênfase em Fundição, atuando principalmente nos seguintes temas: ferros fundidos grafíticos e tratamentos térmicos.

Linha de Pesquisa: Materiais (Metálicos)

Temas de Pesquisa:

A) Ferro fundido cinzento (FC)

Estudo do processamento, microestrutura e propriedades do FC.

B) Ferro fundido esferoidal (FE)

Estudo do processamento, microestrutura e propriedades do FE.

C) Tratamento térmico de austempera em ferro fundido esferoidal

Analise das variáveis do tratamento térmico de austempera na microestrutura do ferro fundido esferoidal, correlacionando com as propriedades mecânicas.

D) Nucleação de fases em ferros fundidos cinzento e esferoidais

Desenvolvimentos de portadores com partículas nanométricas , via processamento coloidal, afim de avaliar a efetividade como agente nucleante nos ferros fundidos cinzento e esferoidais.

Contato: rosi@unisociesc.com.br

 

 

Neste link encontram-se os documentos emitidos pelo Conselho de Ensino e Pesquisa – CONSEPE, pela Direção do Centro Universitário SOCIESC e pela Coordenação do do Programa de Mestrado Profissional em Engenharia Mecânica.
 

DOCUMENTOS APROVADOS PELO CONSEPE

Regulamento do Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia Mecânica 352/2012

Regulamento do Curso de Mestrado Profissional em Engenharia Mecânica 110 / 2015 resolucao_110_2015___regulamento_do_curso_de_mestrado_profissional_em_eng__mecanica__003_ (5)

Regulamento do Curso de Mestrado Profissional em Engenharia Mecânica 134/2016 resolucao_134_2016___regulamento_do_curso_de_mestrado_profissional_em_eng__mecanica (8)

Regulamento do Curso de Mestrado Profissional em Engenharia Mecânica 194A/2017 resolucao_194a_2017___regulamento_mestrado_profissional_eng__mecanicao (3)

Regimento dos Programas de Mestrado – Centro Universitário SOCIESC

Regimento do Curso de Mestrado Profissional 132 / 2016 resolucao_132_2016___regimento_do_mestrado_profissional (4)

 

OUTROS DOCUMENTOS

Portaria Normativa 17 de 28_12_2009 portaria_normativa_17_de_28_12_2009_mec_mestrado______profissional (3)

Circular normativa para apresentação e entrega de trabalhos finais circular_normalização e apresentação

template para apresentações diversas template_apresentacoes_mem (2)

template para entrega da versão para o exame de qualificação template_qualificacao_engmecanica_240516 (1)

Nome do curso: Mestrado Profissional em Engenharia Mecânica

Total de créditos mínimos: 24 créditos

O aluno do Programa de Mestrado em Engenharia Mecânica cursará um mínimo de 18 créditos, somando um total de 6 disciplinas de 3 créditos cada. As disciplinas são ministradas ao longo de três trimestres de 12 semanas no ano, com 4 horas/aula semanais em cada disciplina. O aluno deverá ainda concluir 06 (seis) créditos referentes à conclusão e a aprovação da dissertação de Mestrado por uma Banca Examinadora. Tipicamente, um aluno fará duas disciplinas por trimestre e completará a carga horária referente às disciplinas em um ano letivo. No ano seguinte o aluno deverá concluir e defender sua Dissertação.

Cada uma das 23 disciplinas oferecidas no curso compreende 45 horas/aula e corresponde a 03 créditos. Todas as disciplinas do curso estão citadas a seguir:

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS:

  • Planejamento de Experimentos – Análise de Variância – ANOVA
  • Projeto de dissertação do mestrado;
  • Tecnologia e Ciência dos Materiais

DISCIPLINAS OPTATIVAS

  • Caracterização microestrutural de materiais;
  • Ciência e Tecnologia dos Materiais Poliméricos
  • Engenharia de superfície e desgaste;
  • Ensaios mecânicos de materiais;
  • Estudo Dirigido
  • Fabricação de formas complexas e usinagem em altas velocidades;
  • Físico-química de polímeros;
  • Instrumentação de sistemas mecânicos;
  • Inteligência Artificial;
  • Metalurgia física;
  • Monitoramento e controle de processo de fabricação;
  • Planejamento e economia da usinagem;
  • Processos Abrasivos; 
  • Projeto e manufatura integrados por computador;
  • Revestimentos superficiais a plasma;
  • Solidificação de metais e ligas;
  • Tecnologia da usinagem;
  • Tópicos Especiais em Fabricação;
  • Tópicos especiais em metrologia;
  • Transformações de fase;
  • Tribologia I;
  • Tribologia II;
  • Usinabilidade dos materiais;

Caracterização Microestrutural de Materiais

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 horas

Ementa: Estrutura Cristalina. Classificação das técnicas de caracterização. Difração de raios-x. Microscopia óptica. Microscopia eletrônica de varredura. Microscopia eletrônica de transmissão. Microscopia de campo iônico. Microanálise química. Extração de precipitados. Análise térmica. Dilatometria. Metalografia quantitativa. Processamento digital de imagens.

Bibliografia:

CULLITY, B. D. Elements of X-Ray Diffraction. Addison Wesley, 1987.

GOLDSTEIN, J. et al., Scanning Electron Microscopy and X-Ray Microanalysis. Ed. Plenum Press, New York, 2001.

PADILHA, A. F., AMBROZIO FILHO, F. F. Técnicas de Análise Microestrutural. Ed. Hemus, 1992.

SAMUELS, L. Optical Microscopy of Carbon Steels. ASM, Ohio, 1980.

 

Ciência e Tecnologia dos Materiais Poliméricos

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 h

Ementa: Instrodução à ciência dos polímeros; estrutura molecular dos polímeros; estrutura molecular do estado sólido; massas moleculares; comportamento térmico;  comportamento mecânico; caracterização térmica; introdução à blenda e compósitos poliméricos.

 

Engenharia de Superfície e Desgaste

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 horas

Pré-requisito: Revestimentos superficiais 

Ementa: Considerações sobre o desgaste. Recobrimentos. Endurecimentos superficiais difusivos e não-difusivos. Filmes finos. Modificações superficiais produzidas por processos altamente energéticos. Revestimentos duros. Técnicas de caracterização de revestimentos. Seleção de superfícies resistentes ao desgaste.

Bibliografia:

HOLMBERG, K.; MATTHEWS A. Coatings Tribology: Properties, Techniques, and Applications in Surface Engineering. Elsevier, Amsterdam 1994.

HUTCHINGS, I.M. Tribology: Friction and Wear of Engineering Materials, CRC Press, London, 1992.

BUDINSKI, K.G. Surface Engineering for Wear Resistance. Prentice Hall, Inc, New Jersey, 1988.

BUNSHAH, R.F. Handbook of Hard Coatings – Deposition Technologies, Properties and Applications.. Ed. – Noyes Publications, Park Ridge, New Jersey, USA, 2001.

ZUM GAHR, K.H. Microstructure and wear of materials. Elsevier, Amsterdam, 1987.

 

Ensaios Mecânicos de Materiais

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 horas

Ementa: Fundamentos de ensaios mecânicos. Tensões e deformações. Elasticidade e plasticidade. Ensaio de tração. Ensaio de compressão. Ensaios de dureza. Ensaio de impacto. Ensaio de dobramento. Ensaio de torção. Ensaio de flexão. Ensaio de fadiga. Efeito da temperatura nas propriedades mecânicas.

Bibliografia:

DE SOUZA S.A. Ensaios Mecânicos de Materiais Metálicos. Edgar Blücher, EDUSP, São Paulo, 198p., 1974.

DIETER G.E. Mechanical Metallurgy. McGraw-Hill, Inc, New York, EUA, 1961.

MEYERS, M. A., CHAWLA, K. K. Princípios de Metalurgia Mecânica. Edgar Blücher, São Paulo, 1982.

FENNER, J. Mechanical Testing of Materials. Philosophical Library Inc., USA, 1965.

 

Estatística Aplicada a Engenharia e Gestão 

Nível: Mestrado
Obrigatória: Sim
Carga Horária: 45 h

Grade Curricular 2011/1

Ementa: Estatística  Descritiva. Análise Exploratória de Dados. Correlação. Amostragem e Inferência. Testes de Hipóteses (médias, proporções, diferenças).Teste de Aderência e Independência. Regressão Linear (Simples e Múltipla). Uso de Planilhas Excel.

Bibliografia Básica

KAZMIER, L. J. Estatística Aplicada a Administração e Economia. Coleção Schaum. 4ª ed, Porto Alegre: Ed. Bookman, 2006.

LEVINE, D. M.; BERENSON, M. E STEPHAN, D. Estatística: Teoria e Aplicações Usando o MS Excel. São Paulo: Ed. LTC, 2000.

PEREIRA, J.C.R. Análise de Dados Qualitativos: Estratégias Metodológicas para Ciências da Saúde, Humanas e Sociais. 3ª ed. EDUSP, 2004.

 

Estudo Dirigido

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 h

Ementa:

Levantamento de bibliografia sobre tópicos específicos relacionados ao tema de dissertação dos alunos matriculados. Estudo de temas determinados sob orientação do(a) Professor(a) responsável.

Bibliografia Básica

A ser definida pelo(a) Professor(a) Responsável.

 

Fabricação de Formas Complexas e Usinagem em Altas Velocidades

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 h

Ementa: Fabricação das formas geométricas complexas, encontradas freqüentemente em moldes e matrizes; classificação dos processos de fabricação para este segmento; otimização da programação NC via software CAM; integração da cadeia CAD/CAM/CNC; Tecnologia de usinagem em altas velocidades – HSC; estudo das limitações tecnológicas na fabricação de formas complexas; inspeção de produtos contendo formas complexas.

Bibliografia:

CHOI, B. K. Sculptured Surface Machining: Theory and Applications. Springer (1999). ISBN-10: 0412780208.

WALKER, J.M. Handbook of manufacturing engineering. New York: Marcel Dekker, 1996.

CHANG, T.C; WYSK, R.A.; WANG, H.P. (2005).  Computer-aided manufacturing.  2nd.ed.  New Jersey: Pearson Prentice Hall.

COPPINI, NIVALDO LEMOS – MARCONDES, FRANCISCO CARLOS – DINIZ, ANSELMO EDUARDO; Tecnologia da usinagem dos materiais.SAO PAULO: 1999.

REHG, JAMES A. – KRAEBBER, HENRY W.; Computer-integrated manufacturing.3.ed., SÃO

DINIZ, A.E.; MARCONDES, F.C.; COPPINI, N.L. (1999).  Tecnologia da usinagem dos materiais.  São Paulo: MM Editora.

 

Físico-química de Polímeros

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 h

Ementa: Estrutura molecular. Propriedades Termodinâmicas de Soluções Poliméricas. Difusão em Sistemas Poliméricos. Transformação em Polímeros. Propriedades Térmicas. Propriedades Mecânicas. Propriedades Elétricas.

 

Instrumentação de Sistemas Mecânicos

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 h

Ementa: Fundamentos de metrologia; modelos de sistemas generalizados de medição; fontes de erros, técnicas de correção e de compensação, transdução de movimento, e de esforços, métodos de calibração; circuitos eletrônicos de medição e de condicionamento de sinais elétricos; conversão analógica – digital e digital – analógica; automatização do processo de medição; protocolos de comunicação entre instrumentos. (3 créditos)

Bibliografia:

FIALHO, A. B., Instrumentação industrial, São Paulo, Editora Érica, 2002.

BOLTON, W., Instrumentação e controle, São Paulo, Editora Hemus, 2002.

GONZÁLEZ, C., ZELENY VÁZQUEZ, J.R. Metrología., McGraw-Hill International, 2000.

FLESCH, C. A., Metrologia e Instrumentação Eletrônica Aplicadas à Engenharia Mecânica, 2001.

 

Inteligência Artificial

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 h

Ementa: Representação de conhecimento e solução de problemas. Sistemas de produção e sistemas especialistas. Tópicos especiais: representação de incertezas; inteligência artificial distribuída; conexionismo; computação evolutiva Histórico sobre SE. Vantagens e desvantagens de SE. Componentes e ciclo de vida de um SE. Resolução de problemas e técnicas de busca. Representação do conhecimento e inferência. Aquisição do conhecimento e construção de bases de conhecimento. Validação e verificação de SE. Utilização de ferramentas SHELL.

Bibliografia:

RUSSEL, S.; NORVIG, P. Inteligência Artificial. Editora Campus, 2004.

OLIVEIRA, H.A. Lógica Difusa Aspectos Práticos e Aplicações. Editora Interciência, 1999.

KOSKO, B. Neural networks and fuzzy systems: a dynamical systems approach to machine intelligence, Prentice-Hall International, 1992.

TRILLAS, E. Fundamentos e introducción a la ingeniería “fuzzy”, Omron Electronics, 1994.

REYERO, R. Sistemas de control basados en lógica borrosa. Omron Electronics, 1995.

SIMES, M. G. Controle e modelagem FUZZY. São Paulo, Edgard Blücher, 1999.

OLIVEIRA, R.C.L. Redes Neurais com aplicações em controle e em sistemas especialista. Florianópolis, Bookstore, 2000.

LUDERMIR, T.B., Redes Neurais Artificiais, RIO DE JANEIRO, LTC, 2000.

HAYKIN, S. Redes neurais: princípios e prática. Porto Alegre, Bookman, 2001.

COPPIN, Ben. Inteligência artificial. Rio de Janeiro, RJ: LTC, 2010. 610 

DURKIN,J Expert Systems-Design and Development.Prentice-Hall, 1994

GIARRATANO,J.C. & RILEY,G. Expert Systems: principles and programming. PWS Publishing Co, Boston, 1994. 

RUSSEL, S.; NORVIG, P. Inteligência Artificial. Editora Campus, 2004.

 

Metalurgia Física

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 horas.

Pré-requisito: Tecnologia e ciência dos materiais

Ementa: Metais puros e soluções sólidas. Estruturas dos metais e ligas. Equilíbrio e diagramas de fases. Difusão em metais e ligas. Teoria de discordâncias. Mecanismos de deformação plástica e de endurecimento. Transformações de fase no estado sólido. Recuperação, recristalização e crescimento de grão. (3 créditos)

Bibliografia:

CALLISTER JR., W. D. Materials Science and Engineering – An Introduction. Ed. John Wiley & Sons, 5th edition, 2001.

HULL, D., BACON, J. Introduction to Dislocations. Ed. Pergamon Press, 3rd edition, 1984.

MEYERS, A. M., CHAWLA, K. K. Princípios de Metalurgia Mecânica. Ed. Edgard Blücher, 1982.

VAN VLACK, L. H. Princípios de Ciência e Tecnologia dos Materiais. 4ª edição. Ed. Campus, 1984.

GUY, A. G. Ciência dos Materiais. Ed. Livros Técnicos e Científicos, 1982.

REED-HILL, R. E. Princípios da Metalurgia Física. Ed. Guanabara Dois, 1982.

Monitoramento e Controle de Processo de Fabricação

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 h

Generalidades, Sensores, Processos de usinagem, Processos de conformação, Processos de soldagem, Processamento de polímeros, Outros processos de fabricação, Apresentação de trabalhos desenvolvidos na SOCIESC.  (3 créditos)

Bibliografia:

LIHUIWANG AND ROBERT X. GAO, Condition Monitoring and Control for Intelligent Manufacturing, Springer-Verlag London Limited 2006

SIGHIERI, L. Controle automático de processos industriais, São Paulo, Edgard Blücher, 1998.

OSITA D. I. NWOKAH, YILDIRIM HURMUZLU, The Mechanical systems design handbook – modeling, measurement and Control, 2002 by CRC Press LLC

WEBSTER JOHN G., Measurement, Instrumentation, and Sensors Handbook, 1999 by CRC Press LLC

HOPCROFT, M.A.; ULLMAN, J.D. Introduction to Automata Theory, Languages and Computation, Addison-Wesley, Reading, 1979.

FERRARESI, D. Fundamentos da usinagem dos metais, Edgard Blücher, 1990.

DINIZ, A. E., MARCONDES, F. C., COPPINI, N. L. Tecnologia da Usinagem dos Materiais, Editora Artliber, 2000.

Teses e dissertações relacionadas.

 

Planejamento de Experimentos – Análise de Variância (ANOVA)

Nível: Mestrado
Obrigatória: Sim
Carga Horária: 45 horas

Ementa: Estatística Descritiva; Distribuição de Probabilidades; Amostragem; Inferência e Testes de Hipóteses; Correlação; Regressão Linear Simples e Múltipla; Análise de Experimentos e ANOVA; Controle Estatístico de Processos; Estatística não Paramétrica; Introdução a Análise Multivariada.

Bibliografia:

BARBETTA, P.A; Reis, M.M. e Bornia, A. C. Estatística para Cursos de Engenharia e Informática. Ed. Atlas, 2009.

CALEGARE, A. J. A. Introdução ao Delineamento de Experimentos. 2ª Ed. Ed. Blucher, 2009.

FREUND, J. E. e Simon, G. A.  Estatística Aplicada. Ed. Bookman, 2000.

KAZMIER, L.J. Estatística Aplicada a Administração e Economia 4ª Ed. Coleção Schaum, Ed. Artmed, 2007.

LEVINE, D. M.; Berenson, M.L. e Stephan, D. Estatística: Teorias e Aplicações. Ed. LTC, 2000.

MANLY, B.F. J. Métodos Estatísticos Multivariados – Uma Introdução. Ed. Artmed.

MONTGOMERY, D.C. e RUNGER,G.R. Estatítica Aplicada e Probabilidade para Engenheiros. 4ª Ed. Ed. LTC, 2009

PEREIRA, J.C.L. Análise de Dados Qualitativos. 3ª Ed. EDUSP, 2004

 

Planejamento e Economia da Usinagem

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 h

Ementa: Desgaste e vida das ferramentas, curvas de vida, fórmula de Taylor generalizada, custos de fabricação, acabamento de superfície e usinabilidade. Condições de máxima produção, mínimo custo e máximo lucro, no torneamento, furação, aplainamento e fresamento. (3 créditos)

Bibliografia:

FERRARESI, D. Fundamentos da Usinagem dos Metais, Editora Edgard Blücher, 1977.

BROWN, J. Advanced Machining Technology Handbook. New York: McGraw-Hill, 1998.

Artigos técnicos e científicos.

Processos Abrasivos

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 horas

Ementa: Introdução: origem dos processos abrasivos. Usinagem com gumes de geometria não definida: forma média dos gumes de geometria não definida; formas de penetração do gume; penetração do gume força de corte e distribuição de energia no gume; desgaste do material abrasivo. Rebolos: materiais abrasivos; ligantes; estrutura dos rebolos convencionais; estrutura dos rebolos; especificação de rebolos superabrasivos. Fluidos de corte na retificação: subdivisão e propriedades dos fluidos de corte; aditivação de fluidos de corte. Processo de retificação: embasamento cinemático da retificação; cinemática de processos específicos; grandezas características do processo e resultado do trabalho em função das variáveis de entrada. Utilização de rebolos CBN: aspectos tecnológicos e econômicos; tipos de rebolos de CBN e suas aplicações; utilização de fluido de corte para retificação com CBN; dressamento de rebolos convencionais; dressamento de rebolos de CBN; dressamento por toque em rebolos de CBN (touch – dressing). (3 créditos)

Bibliografia:

MALKIN, S. Grinding Technology: Theory and Applications of Machining with Abrasives, 1989.

STEVE F. K. Grinding Technology, 1994.

FERRARESI, D. Fundamentos da Usinagem dos Metais, Editora Edgard Blücher, 1977.

Apostila de Usinagem dos Metais, Machado, A.

DINIZ, A.E. Apostila do Processo de Retificação, 2000.

SHAW, M.C. Metal Cutting Principles, 1989.

Catálogos de Fabricantes de Ferramentas de Retificação.

Artigos científicos.

 

Projeto de Dissertação de Mestrado

Nível: Mestrado
Obrigatória: Sim
Carga Horária: 45 h

Ementa: Estrutura do Conhecimento em Produção Científica; Pesquisa Bibliográfica como fundamentação teórica; Planejamento e Formulação da pesquisa científica e do conhecimento tecnológico; Normas e Padrões de Trabalhos Científicos; Definição do Problema de Pesquisa e Objetivos; Estrutura do Trabalho de Dissertação.

 

Projeto e Manufatura Integrados por Computador

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 h

Ementa: Projeto e Manufatura Integrados por Computador (CIM – Computer Integrated Manufacturing): Sistemas CAx (CAD/ CAE/ CAPP/ CAM/ CAI/ outros); sistemas CAD modeladores de sólidos; e modeladores de superfícies; representação de geometrias complexas em sistemas CAD (Funções Spline – curvas de Bézier); metodologia de trabalho e evolução de sistemas CAD; comunicação entre sistemas CAx. Integração entre projeto (CAD) e fabricação (CNC). Processos de fabricação não – convencionais para auxiliar o desenvolvimento de produtos: técnicas de engenharia reversa; prototipagem rápida; inspeção de formas complexas. Engenharia Simultânea. Otimização de projetos.

Bibliografia:

BÉZIER, P. Utilização das curvas e superfícies em CAD/CAE/CAM. São Paulo, Aleph, 62p., 1993.

BOWMAN, A.; BOWMAN, D. J. Understanding CAD/CAM. Indianapolis, Howard W. Sams. 300 p., 1987.

CHANG, T.C; WYSK, R.A.; WANG, H.P. Computer-aided manufacturing.  2nd.ed. New Jersey: Prentice Hall, 1998.

HOSAKA, M. Modeling of Curves and Surfaces in CAD/CAM. Springer-Verlag. London, 350 p, 1992.

DESCHAMPS, J.P.; NAYAK, P. R. Produtos Irresistíveis. Makron Books. São Paulo, 447 p., 1996.

FARID M. A. Principles of Computer Aided Design and Manufacturing, 2ed. p.359, 2003.

REHG, J.A.; KRAEBBER, H.W. Computer Integrated Manufacturing. Prentice Hall; 3rd ed. p.592, 2004.

LEE, K. Principles of CAD/CAM/CAE. p.640. Prentice Hall; 1st ed, 1999.

CHANG, T.C; WYSK, R.A.; WANG, H.P. Computer-aided manufacturing.  2nd.ed.  New Jersey: Prentice Hall, 1998.

LEONDES, C.T.: Computer Aided and Integrated Manufacturing Systems: Optimization Methods. World Scientific Publishing Company. p.240, 2004.

HOSAKA, M. Modeling of Curves and Surfaces in CAD/CAM. Springer-Verlag. London, 350 p., 1992.

DESCHAMPS, J.P.; NAYAK, P. R. Produtos Irresistíveis. Makron Books. São Paulo, 447 p., 1996.

MAHON, MC.; BROWNE, J. CAD/CAM From Principles to Practice. Suffolk, UK. Addison-Esley, 1993.

 

Revestimentos Superficiais a Plasma

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 h

Ementa: Noções de vácuo.  Plasma Frio.  Técnicas de deposição de revestimentos por plasma: Erosão catódica (sputtering), deposição química na fase vapor por plasma (PECVD), deposição a arco, por feixe de íons (ion-beam), IDECR. Caracterização de filmes finos: Caracterização de revestimentos: micro-estrutural, mecânica, óptica, eletrônica.

Bibliografia:

OHRING, M. Thin Films, 1994.

BUDINSKI. K.G. Surface Engineering for Wear Resistance, 1988.

OKS, E.M.; BROWN, I.; BROWN, I.G. Emerging Applications of Vacuum-ARC-Produced Plasma, Ion and Electron Beams, 2003.

Handbook of Deposition Technologies for Films and Coatings: Science, Applications and Technology. Kluwer Academic Publishers. Hardcover, 248p, 1999.

BUNSHAH, R.F.  Noyes Data Corporation/Noyes Publications, 2nd ed., 1994.

OHRING, M. The Materials Science of Thin Films, 2nd ed., 2001.

 

Solidificação de Metais e Ligas

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 horas

Pré-requisito: Tecnologia e ciência dos materiais

Ementa: Nucleação. Inoculação de ligas de cobre e alumínio. Inoculação de ferro fundido. Análise térmica de ferro fundido. Crescimento. Crescimento de monocristais. Morfologia da interface sólido/líquido e Leis do crescimento. Redistribuição de soluto. Macroestrutura de lingotes. Macrossegregação. Crescimento dentrítico. Microssegregação, formação de bolhas e inclusões secundárias. Solidificação de ligas eutéticas. Modificação de ligas Al-Si. Nodularização de ferros fundidos.

Bibliografia:

GARCIA, A. Solidificação: Fundamentos e Aplicações. Editora da Unicamp, Brasil, 2001.

PRATES, M.; DAVIES, G. Fundição de Metais e suas Ligas, LTC, ESDUP, 1978.

PORTER, D.A. ; K.E. EASTERLING, K.E. Phase Transformations in Metals and Alloys, 2nd ed., Chapman & Hall, 515p., London, 1992.

KURZ, W.; FISHER, D.J. Fundamentals of Solidification, Trans Tech Publications, 1992.

Tecnologia da Usinagem

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 horas

Ementa: Grandezas físicas no processo de corte. Nomenclatura e geometria das ferramentas de corte. Mecanismo de formação e controle do cavaco. A interface cavaco-ferramenta. Força e potência de usinagem. Temperatura de corte. Materiais para ferramentas. Desgaste e vida da ferramenta. Fluidos de corte. Torneamento, Furação, fresamento e retificação. Monitoramento e controle do processo de usinagem.

Bibliografia:

FERRARESI, D. Fundamentos da Usinagem dos Metais, Editora Edgard Blücher, 1977.

TRENT, E.M. Metal Cutting, Buterworths, 1977.

SHAW, M.C. Metal Cutting Principles, 1989.

DINIZ, A.E. Apostila de Processo de Retificação, 2000.

DINIZ, A.E. Apostila de Monitoramento e Controle do Processo de Usinagem, 2001.

Catálogo de Produtos para Usinagem. SANDVIK Coromant. Ferramentas Rotativas, 2003.

 

Tecnologia e Ciência dos Materiais

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não

Carga Horária: 45 horas.

Ementa: Classificação dos materiais de engenharia. Estrutura atômica e ligações químicas. Estruturas cristalinas, amorfas e moleculares. Defeitos estruturais: pontuais, lineares, bidimensionais e volumétricos. Difusão em sólidos: mecanismos e leis. Estrutura e propriedades de materiais metálicos. Diagramas de Fases. Estrutura e propriedades de materiais cerâmicos. Estrutura e propriedades de materiais poliméricos. Processamento de materiais metálicos. Processamento de materiais cerâmicos. Processamentos de materiais poliméricos. (3 créditos)

Bibliografia:

CALLISTER JR., WILLIAM D. Ciência e Engenharia de Materiais: uma Introdução. LTC. 5ª edição, 589p., 2002.

VAN VLACK, L.H. Princípios de Ciência dos Materiais.  São Paulo, Edgard Blücher, 8a ed., 427p., 1988.

SMITH, W. F. Princípios de Ciência e Engenharia de Materiais.  
Ed. McGraw-Hill, 1998.

PADILHA, A. F. Materiais de Engenharia – Microestrutura e Propriedades. Ed. Hemus, 1997.

 

Tópicos Especiais em Fabricação

Nível: Mestrado
Obrigatória: Sim (Obrigatório a todas as linhas)

Carga Horária: 45h/a

Ementa: Dependendo dos temas de interesse dos pós-graduandos, serão pré-selecionados dez ou mais tópicos da especialidade de Manufatura Mecânica, podendo envolver aspectos de projeto, fabricação e materiais. Como exemplo dos possíveis tópicos pode-se citar os seguintes: 1) Comportamento Elástico, Plástico e Mecanismos de Encruamento; 2) Teoria das discordâncias; 3) Fratura e Fadiga em Diversos Meios; 4) Fluência e Visco-elasto-plasticidade; 5) Atrito e Desgaste; 6) Efeito sobre o comportamento mecânico do Forjamento, Laminação e Extrusão; 7) Usinagem; 8) Concentradores de Tensões; 9) Tensões Térmicas e Residuais; 10) Processos Avançados de Soldagem; 11) Controle de qualidade, etc.  

Bibliografia:

Artigos científicos e publicações técnicas.

International Journal of Machine Tools and Manufacture.

Annals of the CIRP.

International Journal of Advanced Manufacturing Technology.

Journal of Engineering Manufacture – PART B.

Journal of Manufacturing Science and Engineering.

Tópicos Especiais em Metrologia

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: variável até 45 horas

Ementa: Características dos sistemas de medição; critérios de seleção e avaliação dos sistemas de medição; medições lineares; medições angulares; medições de formas complexas; medições de Textura Superficial; GD&T (Gerenciamento de Tolerâncias e Dimensões geométricas).

Bibliografia:

MORRIS, A. S. Measurement and Instrumentation Principles. Butterworth- Heinemann, 3rd edition, 2001.

BUCHER, J. L. The Metrology Handbook. ASQ Quality Press, 2004.

JUEPTNER, S.U. Digital Holography: Digital Hologram Recording, Numerical Reconstruction, and Related Techniques. Springer, 2005.

ILYA, G. Measurement Theory for Engineers. Springer, 2003.

ARMIN, G.; THOMAS, S.H. Calibration and Orientation of Cameras in Computer Vision.  Springer, 2001.

WHITEHOUSE, D.J. Surfaces and their Measurement. Butterworth-Heinemann, 2002.

BOSCH, J. Coordinate Measuring Machines and Systems. Marcel Dekker, 1995.

FIGLIOLA, R.; BEASLEY, D.E. Theory and design for mechanical measurements; John Wiley, 2005.

Transformações de Fase

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 h

Pré-requisito: Metalurgia física

Ementa: Defeitos puntiformes e soluções sólidas. Defeitos de linha. Soluções sólidas. Impurezas. Difusão no estado sólido. Primeira Lei de Fick. Ativação térmica. Segunda Lei de Fick. Mecanismos de difusão. Movimento de átomos individuais. Diagrama de fases. Nucleação e Crescimento. Velocidade de nucleação. Nucleação homogênea e heterogênea. Redistribuição de soluto. Solidificação. Crescimento dendrítico. Nucleação de um sólido no interior de outro. Crescimento de eutéticos, macro e microestruturas brutas de fundição. Relação entre morfologia e condições de crescimentos. Energia livre de soluções sólidas. Transformações por difusão em sistemas não ferrosos. Metaestabilidade. Mudanças estruturais em alta temperatura. Decomposição da austenita por processos de difusão. Recuperação, recristalização e crescimento de grão. Mecanismos de endurecimento por transformação de fase. Precipitação a baixas temperaturas (envelhecimento). Endurecimento por transformação martensítica. Transformação bainítica. Transformações de fase comuns em materiais sólidos. Transformação global. Transformações isotérmicas, diagramas TTT. Reação eutética. Transformações polimórficas. Reações ordem-desordem. Decomposição espinoidal. Mecanismos que aumentam resistência por transformações de fases. Cinética das transformações de fases (3 créditos).

Bibliografia:

PORTER, D.A.; EASTERLING, K.E. Phase Transformations in Metals and Alloys.  2nd ed., Chapman & Hall, 515p, London, 1992.

CHRISTIAN, J.W. The theory of transformations in metals and alloys. Pergamon, 586 p., 1975.

SHEWMON, P.G. Transformation in Metals. McGraw-Hill, New York, 1969.

 

Tribologia I

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 horas

Ementas: Introdução; Caráter Sistêmico; Propriedades Superficiais; Topografia da Superfície; Princípios de Mecânica do Contato; Contato entre Superfícies; Atrito; Lubrificantes; Lubrificação; Desgaste. (3 créditos)

Bibliografia:

HUTCHINGS, I. M. Tribology : Friction and Wear of Engineering Materials, CRC Press, Boca Raton, USA, 273p., 1992.

ZUM GAHR, K.H. Microstructure and Wear of Materials. Amsterdam, Elsevier Sci. Publish. Inc., 1987.

WILLIAMS, J.A. Engineering Tribology. Oxford Science Publications, 488p. 1996.

Cambridge Course on Tribology, Friction, Lubrication and Wear. University of Cambridge, Program for Industry, 1998.

ARNELL, R. D. et Al. Tribology – Principles and Design Applications. Macmillan Education Ltd, London, 254p., 1991.

HALLING, J. Principles of Tribology. The Macmillan Press Ltd, London, 401p., 1978.

Teses, dissertações e artigos técnicos e científicos.

Tribologia II

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 horas

Ementas: Introdução; Desgaste por Partículas Duras: Propriedades dos Abrasivos, Abrasão, Desgaste por Deslizamento; Erosão por Impacto de Partículas Sólidas. (3 créditos) 

Bibliografia:

ZUM GHAR, K.H. Microstructure and Wear of Materials. Amsterdam, Elsevier Sci. Publish. Inc., 1987.

HUTCHINGS, I. M. Tribology: Friction and Wear of Engineering Materials. CRC Press, Boca Raton, USA, 273p., 1992.

WILLIAMS, J.A. Engineering Tribology. Oxford Science Publications, 401p. 1996.

Teses, dissertações e artigos técnicos e científicos.

Usinabilidade dos Materiais

Nível: Mestrado
Obrigatória: Não
Carga Horária: 45 h

Ementa: Aspectos metalúrgicos dos materiais para caracterização do processo de usinagem, Ensaios de usinabilidade. (3 créditos)

Bibliografia:

FERRARESI, D. Fundamentos da Usinagem dos Metais, Editora Edgard Blücher, 1977.

TRENT, E.M. Metal Cutting, Buterworths, 1977.

SHAW, M.C. Metal Cutting Principles, 1989.

DINIZ, A.E. Apostila de Processo de Retificação, 2000.

DINIZ, A.E. Apostila de Monitoramento e Controle do Processo de Usinagem, 2001.

Catálogo de Produtos para Usinagem. SANDVIK Coromant. Ferramentas Rotativas, 2003.