Duração: A verificar
Titulação: Stricto Sensu
Turno(s): matutino, vespertino, noturno.
Unidades(s): Joinville | Boa Vista.

Abertura de Processo Seletivo 2018 e Matrícula em Disciplinas Isoladas – Prorrogadas Sine Die (Por Tempo Indeterminado)

O programa tem como missão o ensino, pesquisa e desenvolvimento de estratégias, modelos, ferramentas e sistemas de gestão, que promovam a eficiência, eficácia e competitividade local e global dos sistemas de produção e sistemas de serviços.
Seu principal objetivo é a formação de docentes, pesquisadores e profissionais que atuarão no ensino, na pesquisa, nos setores público e privado e na sociedade em geral.
O Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção visa ser um agente de transformação social e tecnológica na região através da concreção dos seguintes objetivos:
1.       Prover as estudantes de pós-graduação de um sólido conhecimento e entendimento dos fundamentos e técnicas da Gestão de Conhecimento, e ao mesmo tempo fomentar o desenvolvimento de habilidades e atitudes empreendedoras frente aos problemas abordados;
2.       Estimular constantemente o pensamento crítico focado na inovação baseada na sinergia das componentes humana auxiliada pela tecnologia, e do empreendedorismo;
3.       Desenvolver competências necessárias à gestão de mudanças nas organizações;
4.       Estimular o desenvolvimento profissional dentro de um entendimento das responsabilidades éticas e profissionais.
 Público- alvo:

O curso de mestrado será oferecido para profissionais com graduação plena que atendam aos critérios de seleção do curso. Tais critérios estão caracterizados pela busca de indivíduos capazes de aportar valor às organizações através da gestão do conhecimento, da inovação e do empreendedorismo.

Área de Concentração: Engenharia de Sistemas de Produção

A  Engenharia de Sistemas de Produção estuda a melhoria contínua do complexo processo técnico-gerencial de desenvolvimento, produção e distribuição de bens e serviço pelo setor empresarial, envolvendo a necessidade de conhecimento de diversas áreas (particularmente Ciências Básicas, Engenharias e Gestão). Processos de desenvolvimento, operações e descartes de produtos bem como serviços específicos ao longo de seus ciclos de vida são objeto de pesquisa em problemas relacionados a melhorias e mudanças em sua qualidade, funcionalidade e confiabilidade (requisitos de clientes e demais partes interessadas), em sua eficácia e produtividade técnica, econômica e gerencial (requisitos das empresas) e em sua sustentabilidade (requisitos da sociedade), incluindo dimensões dos recursos humanos (como Saúde e Segurança do Trabalho) e materiais (energia, matérias primas e equipamentos) nele empregados.
Linha de Pesquisa: Engenharia de Produto
A linha de pesquisa Engenharia de Produto tem como foco o estudo de metodologias e aplicações relacionadas ao projeto e desenvolvimento de novos produtos e processos, com ênfase nos seus aspectos técnicos, informacionais e na variável ambiental. Problemas conceituais e empíricos de eficácia e produtividade são pesquisados em relação a velocidade e ao custo de desenvolvimento (engenharia concomitante), às questões ergonômicas de novos produtos e processos, às questões de segurança e saúde nos ambientes industriais projetados ou em operação e ao impacto ambiental na cadeia de produção consumo derivado das escolhas de projeto.
Linha de Pesquisa: Gestão de Sistemas Produtivos
A linha de pesquisa Gestão de Sistemas Produtivos busca desenvolver modelos, metodologias e estratégias capazes de contribuir diretamente para o aumento da competitividade das empresas, bem como avaliar aqueles já existentes em nível empírico sob as óticas da qualidade e da agregação de valor. A análise envolve a pesquisa em sistemas logísticos, manufatura flexível, produção enxuta e limpa, enfatizando a dimensão da melhoria de processo dos sistemas sócio-tecnológicos internos às organizações para um alcance mais eficaz de novas metas e objetivos organizacionais em função de mudanças e tendências observadas no ambiente externo.
Coordenador: Eduardo Concepción Batiz
 Possui graduação em Engenharia Industrial (1979) e doutorado em Ciências Técnicas (1996) pelo Instituto Superior Politécnico José Antonio Echeverria (ISPJAE), Havana, Cuba reconhecido pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. Professor-Pesquisador do Departamento de Engenharia Industrial do ISPJAE (1979-1997), Chefe do Laboratório de Ergonomia e Segurança e Higiene do Trabalho. Assessor em Biossegurança do Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia de Cuba (1992-1996). Professor Visitante do Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas da UFSC (2000-2004). Atualmente é Professor-Pesquisador da Sociedade Educacional de Santa Catarina – SOCIESC no Instituto Superior Tupy -IST e Coodenador do Mestrado Profissional em Engenharia de Produção do IST, Brasil. Editor-Chefe da Revista Eletrônica “Produção em Foco”, avaliador da Revista GEPROS – Gestão da Produção, Operações e Sistemas, Membro do corpo editorial da Revista Gestão Industrial. Membro do Grupo de Consultores da Revista de Ciências Agrárias da UFRA, Consultor ad-hoc da Revista Ciencia & Saúde Coletiva e avaliador da Revista Científica Produção Online. Tem experiência na área de Engenharia de Produção com ênfase em Ergonomia, atuando principalmente nos seguintes temas: Ergonomia, Segurança e Higiene Ocupacional, Biossegurança, Gestão da Segurança, Condições de Trabalho, Organização do Trabalho e Gestão Ambiental.
..